logo chic morocco

Essaouira

Uma joia monumental no Atlântico, com uma atmosfera genuína e muitas actividades

Essaouira é, sem dúvida, uma das pérolas de Marrocos na sua costa atlântica. Banhada pelo oceano, conserva um património monumental muito interessante, datado de diferentes épocas. Para além disso, apresenta tradições muito marcantes, algumas fruto da vida popular e outras uma demonstração de orgulho folclórico. Por todas estas razões, uma viagem até aqui é sempre uma decisão acertada.

Índice

Onde fica Essaouira?

Essaouira situa-se na costa atlântica, na parte sul do país, mais ou menos à mesma distância de Marraquexe e de Agadir. Por este motivo, muitos viajantes organizam uma escapadela a esta cidade quando estão de férias num destes dois destinos. Administrativamente, faz parte da região de Marraquexe-Safi e tem mais de 100.000 habitantes.

O seu clima é semelhante ao de outras cidades atlânticas de latitude semelhante: quente mas “ventilado” graças à brisa que vem do oceano, arrefecendo a atmosfera nos meses de verão. Este vento pode ser um pouco desconfortável para aqueles que querem deitar-se na praia e apanhar sol, mas é uma caraterística bem-vinda para os surfistas e outros entusiastas de desportos aquáticos.

Como chegar a Essaouira?

Estas são as distâncias entre Essaouira e outras cidades marroquinas, que lhe darão uma ideia da sua posição:

  • Casablanca: 370 km
  • Rabat: 450 km
  • Ouarzazate: 380 km
  • Agadir: 170 km
  • Marraquexe: 180 km
  • Asilah: 660 km
  • Fez: 660 km
  • Merzouga: 750 km
  • Tânger: 700 km
  • Chaouen: 710 km
  • Al Hoceima: 920 km

Apesar de ser uma cidade pequena, tem o seu próprio aeroporto (Essaouira-Mogador), embora pequeno: apenas algumas companhias aéreas de baixo custo, principalmente de França e do Reino Unido, aterram aqui.

No entanto, a ausência de um porto de ferries e de uma estação de comboios (de alta velocidade ou convencionais) significa que as viagens aéreas são a única opção para aqueles que desejam chegar aqui a partir de destinos distantes. A outra alternativa é voar para Marraquexe ou Agadir, que são os aeroportos internacionais mais próximos.

Em todo o caso, o transporte rodoviário é a opção mais comum para viajar para Essaouira. Embora as ligações de autocarro estejam praticamente limitadas às linhas de Marraquexe, Casablanca e Agadir, os veículos particulares utilizam duas auto-estradas para aceder à cidade: a N1 para quem vem do norte (Safi, Casablanca) ou do sul (Agadir) e a N8 para quem vem de Marraquexe.

Historia de Essaouira

Essaouira: história e contexto

A história de Essaouira, como a de muitos outros destinos da costa atlântica, está ligada à de várias grandes civilizações marítimas. Os vestígios mais antigos deste local remontam aos fenícios, quase oito séculos antes do nascimento de Cristo, quando aqui instalaram um acampamento de pesca e de produção de cerâmica.

Os romanos, séculos mais tarde, também vieram para cá e exploraram o local como um centro de produção de púrpura, tão valiosa no mundo antigo como um corante muito apreciado pela classe dominante.

Esta povoação só voltou a ter importância internacional quando os portugueses se instalaram aqui no início do século XVI, em plena carreira comercial e de conquista: construíram um porto e uma fortaleza no continente, que serviam os seus próprios marinheiros. Foi nessa altura que lhe foi dado o nome de Mogador, que ainda hoje é muito utilizado.

Mas a cidade, tal como a conhecemos hoje, só começou a nascer em 1760: nesse ano, o sultão alauíta Sidi Mohammed ben Abdallah ordenou a construção de uma medina histórica junto à fortaleza portuguesa e encarregou um engenheiro francês na prisão, Theodore Cornut, de elaborar o projeto.

Resultado: um centro histórico rodeado de muralhas, como é habitual nas cidades marroquinas, mas com a exceção de ter um traçado regular, à semelhança dos urbanismos europeus que já estavam em voga no mundo ocidental. De facto, a tradução de Essaouira é algo como “o bem desenhado”, em referência ao seu traçado retilíneo.

Seguiu-se um período de prosperidade, tendo Essaouira acabado por substituir Agadir como principal centro comercial, graças à sua boa posição e à segurança proporcionada pela sua fortaleza costeira.

Hoje em dia, o porto mantém ainda uma certa atividade de pequenos pescadores, cujas capturas animam a vida do bairro costeiro, onde é montado um pequeno mercado para o efeito, quando as capturas chegam. Mas, acima de tudo, Essaouira abraçou o turismo nacional e internacional e posicionou-se como uma interessante excursão de um ou vários dias a partir de Marraquexe, explorando também as praias circundantes e as actividades que aí se podem realizar, como o surf.

Porquê viajar para Essaouira

Essaouira é uma cidade que não desilude: é interessante para turistas de perfis muito diferentes. E a melhor prova disso são estas variadas razões que o podem convencer a fazer uma escapadela a este destino:

  1. Foi declarada Património Mundial. É, portanto, um bom destino para os amantes de monumentos históricos, pois conserva interessantes construções militares, civis e religiosas com vários séculos de existência.
  2. Contém todo o encanto do Atlântico. Essaouira é, para muitos viajantes, a única (e melhor) opção para experimentar a beleza do oceano durante a sua viagem a Marrocos. Quer a sua viagem se limite ao deserto ou às cidades monumentais do interior, a sua visita oferecerá um magnífico contraste em termos de paisagem, clima e atmosfera.
  3. Proximidade de Marraquexe e Agadir. Um dos pontos fortes de Essaouira é a sua proximidade de dois grandes destinos turísticos, Marraquexe e Agadir. Desta forma, é possível ir e voltar em veículo privado, mesmo no mesmo dia.
  4. Muitas actividades de lazer. Graças à presença de turistas durante praticamente todo o ano, Essaouira é um bom destino para actividades desportivas nas suas praias ou nos arredores: surf, kitesurf, passeios de dromedário na areia, golfe…
  5. Um belo pôr do sol. É claro que o encanto do sol a cair abaixo da linha do mar no horizonte é um espetáculo que também pode ser apreciado nas outras cidades atlânticas de Marrocos. Mas aqui assume uma beleza especial, sobretudo se incluirmos a famosa ilha de Mogador ou os dromedários que por aqui costumam passear durante o dia.
  6. Um mercado de peixe animado. Entre as muitas actividades tradicionais presentes em Essaouira, a pesca é, naturalmente, uma das mais enraizadas. E ganha toda a sua magia quando os barcos regressam do mar e despejam o seu peixe nas bancas de um mercado quase improvisado no porto.
  7. Amor pelo folclore. O principal evento cultural de Essaouira é o Festival Gnawa, em junho, dedicado à música folclórica do país, especialmente ao colorido gnawa subsariano, que foi declarado Património Cultural Imaterial da Humanidade.
  8. Uma atmosfera de
    Game of Thrones
    . Essaouira tem a honra de fazer parte do grupo restrito de destinos que serviram de cenário à lendária série
    Game of Thrones
    ronos, e não por acaso: a sua pitoresca fortaleza marítima foi ideal para filmar cenas de Astapor, da terceira temporada.
Muralla y torre del Reloj de Essaouira

O que não perder em Essaouira

Apesar de ser uma cidade pequena, Essaouira tem muito para ver. Felizmente para o viajante, estão relativamente próximos uns dos outros, pelo que será fácil organizar um passeio a pé sem perder nenhum local de interesse. Esta lista reúne os mais importantes:

  • O porto
  • A dimensão da kasbah
  • Praça Moulay Hassan
  • Medina “retilíneo”:
    • Portas da muralha da Medina: Bab el Menzah, Bab Sbaa
    • Museu de Sidi Mohammed ben Abdallah ou Museu de Artes Populares
    • Souk el Jdid
    • Mesquita de Ibn Youssef
    • Torre do Relógio
  • Praia de Essaouira

Essaouira para o viajante de luxo

Essaouira registou um grande desenvolvimento turístico nos últimos anos. Isto, por sua vez, traduz-se em serviços melhorados, muitos dos quais de qualidade superior. Eis algumas ideias a considerar se quiser desfrutar de uma viagem verdadeiramente exclusiva:

Hotéis de luxo (5 estrelas):

  1. L’Heure Bleue Palais: Situado dentro das muralhas da medina, este hotel combina tradição com luxo e foi galardoado com a distinção Relais & Châteaux.
  2. Sofitel Essaouira Mogador Golf & Spa: Com vista para o oceano e para um campo de golfe, este hotel oferece luxo moderno e comodidades de primeira classe.
  3. Le Domaine de L’Arganeraie: Embora situado nos arredores de Essaouira, este resort oferece moradias de luxo num ambiente sereno.
  4. Villa Quieta: Um belo hotel com uma vista deslumbrante, conhecido pela sua hospitalidade e conforto.

Restaurantes de luxo:

  1. La Table by Madada: Um bistrô chique com foco em frutos do mar frescos e receitas locais.
  2. Elizir: Situado num antigo riad, é conhecido pelo seu ambiente boémio e pela sua fusão de cozinha marroquina com toques internacionais.
  3. La Caravane Café: Oferece uma experiência gastronómica eclética num ambiente teatral.
  4. Les Alizés: Situado no coração da medina, este restaurante é conhecido pela sua autêntica cozinha marroquina.

Campos de golfe:

  1. Golf de Mogador: Desenhado por Gary Player, este é um dos campos de golfe mais prestigiados de Marrocos, oferecendo vistas espectaculares sobre o Atlântico.

Mas a melhor maneira de configurar uma viagem à medida da melhor qualidade é confiar na Chic Morocco: somos uma agência com experiência nesta cidade atlântica e com fornecedores de primeira qualidade, que saberão satisfazer as suas exigências quando se encontrar neste destino turístico… e em qualquer outro do país.

Planeie a sua viagem para Essaouira

Reserva de hotel
Faça o seu seguro de viagem
Desfrutar de experiências
Alterar a sua moeda (apenas em Espanha)
Voos muito baratos
Alugar o seu automóvel
Inscrição para Wifi ou telefone
Quer um cartão? Nós temo-lo!

Outros destinos

× Whatsapp